Kirill Petrenko e a Filarmônica de Berlim

Fumaça branca na Philarmonie. Habemus maestro. Claro, não poderia passar o dia sem algumas palavras sobre a eleição de Kirill Petrenko para regente titular e diretor da Filarmônica de Berlim a partir da temporada 2018/2019. Antes de tudo, uma questão óbvia: Petrenko, qual cardeal Bergoglio, não estava em qualquer lista de especialistas. Eu tampouco imaginava… Leia mais Kirill Petrenko e a Filarmônica de Berlim

Uma nada edificante história de Ano Novo

O concerto de Ano Novo da Filarmônica de Viena foi este ano, mais uma vez, a tradicional festa midiática internacional da música clássica “séria” – com transmissão para 90 países e mais de 50 milhões de telespectadores. Digo música clássica “séria” não por anglicismo, mas para opor àquela reconhecidamente desprestigiada nos meios “cultos”, a música… Leia mais Uma nada edificante história de Ano Novo

Sol sustenido, tom maior, acordes de dominante – e eu com isso?

Nos encontros do “Falando de Música” raramente é possível evitar temas difíceis. De série de Fibonacci a Karl Marx, de Metastasio a Entartete Musik nada de fato é selecionado pela sua acessibilidade, mas sempre pela relevância da informação para explicação do contexto de uma época ou obra. A arte está na máxima: “não tornar fácil o… Leia mais Sol sustenido, tom maior, acordes de dominante – e eu com isso?