Ocidentalismo

por Leandro Oliveira

Arte para adolescentes

Ontem pude assistir na Globo News um programa sobre colecionadores de brinquedos. Na verdade, algo diferente disso, eram colecionadores de objetos que fazem referência ao universo dos quadrinhos e do vídeo-game.

Parecendo estranho ver adultos divertindo-se com bonecos do Homem-Aranha, será sempre bom lembrar que o mercado é economicamente promissor (soube pela matéria) e hoje é abastecido por reflexões que estão além da cultura meramente popular; já na década de setenta, Umberto Eco se divertia fazendo resenhas aos desenhos animados dos Peanuts ou mesmo escrevendo ensaios sobre o “Super-Homem” (não o nietszchiano).

Será bom lembrar, mas não fará que a coisa deixe de causar um certo desconforto. Agora vendo as interessantes fotografias de Sacha Golderberg – onde super-heróis posam com iluminação e textura de mestres flamengos – não concedo o fascínio fácil. Ao contrário, lembro de duas passagens de “O desaparecimento da Infância” de Neil Postman, e termino a postagem com elas:

1) A idéia de infância é uma das grandes invenções da Renascença. Talvez a mais humanitária. Ao lado da ciência, do estado-nação e da liberdade de religião, a infância, como estrutura social e como condição psicológica, surgiu por volta do século dezesseis e chegou refinada e fortalecida aos nossos dias. Mas como todo artefato social, sua existência prolongada não é inevitável. Realmente, este livro nasceu da minha percepção de que a idéia de infância está desaparecendo, e numa velocidade espantosa… (p.12) ;

2) Em nossa cultura considera-se hoje desejável que a mãe não pareça mais velha do que sua filha. Ou que a filha não pareça mais jovem do que sua mãe. Se isto significa que a infância está desaparecendo ou que a idade adulta está desaparecendo é apenas uma questão de como se deseja enunciar o problema. (…) Nosso ambiente informacional elétrico está fazendo desaparecer a idade adulta (p. 112).

“Ambiente informacional elétrico” – aí parece estar a chave para esta sensibilidade curiosa de nossos dias. O livro inteiro de Postman é sobre o tema, e sugiro vivamente, frente a matérias sobre bonecos do Batman para adultos, que recuperemos esse livro já. Para comprar clique aqui.

por Leandro Oliveira

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 20 de janeiro de 2015 por em artes plásticas, educação, Explorações, livros e marcado , , .

Últimos tweets

No ocidentalismo não salvamos almas. Alimentamos os peixes para passar as horas…

Agenda de posts

janeiro 2015
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Siga Leandro Oliveira no Facebook

%d blogueiros gostam disto: