Das palavras à ação, apenas dúvidas?

O que fizeram 3 milhões de pessoas nas ruas francesas no domingo? Talvez, carioca que convive desde os anos de Brizola com o crime impune, eu tenha me tornado um cético quanto a efetividade de abraços a lagoas, marchas pela paz ou gincanas pela desarmamento… talvez, mas o fato é que as milhões de pessoas… Leia mais Das palavras à ação, apenas dúvidas?

Os ingênuos da esquerda

Que os chargistas assassinados eram – nas palavras de um analista da Folha de São Paulo – de “esquerda, anti-racistas, anti-fascistas, anti-colonialistas, simpatizantes do comunismo ou do anarquismo” é indubitável. E também evidente que, como bons homens do humor, eram em grande medida iconoclastas (singular era o nível de iconoclastia, realmente pouco educada, como poderá… Leia mais Os ingênuos da esquerda