As obviedades quanto ao massacre

Como antevisto no dia do massacre, a cobertura do atentado ao Charlie Hebdo seguiu as mesmas óbvias duas linhas abjetas de raciocínio: a diluição da culpa entre todas as religiões e a culpabilização das vítimas, seja por falta de prudência ou mesmo a pertinência do terrorismo como modalidade de “reivindicação”. Muitos comentaristas que considero sérios… Leia mais As obviedades quanto ao massacre